Famalicão: Sete escolas recebem crianças e jovens dos pais que têm de trabalhar

São sete os estabelecimentos de ensino de VN Famalicão que estão a receber filhos e outros dependentes de trabalhadores essenciais, no decurso da interrupção do ano letivo que se mantém até fevereiro: as secundárias Camilo Castelo Branco, D. Sancho I (ambas na cidade), e Padre Benjamim Salgado (Joane); D. Maria (Gavião), Gondifelos, Pedome e Ribeirão.

Recorde-se que o Governo decidiu fechar as escolas durante este confinamento geral e para assegurar uma resposta para os filhos daqueles que têm de ir trabalhar, estão disponíveis cerca de 700 escolas de acolhimento para filhos e outros dependentes dos trabalhadores de serviços essenciais.

Estas escolas também servem refeições aos alunos abrangidos por apoios no âmbito da Ação Social Escolar. A partir desta segunda-feira, as escolas cumprem uma função social, em todo o território, garantindo diariamente às crianças e jovens que o necessitem acolhimento ou uma resposta alimentar adequada.