Concelho

Famalicão revalida título de Amigo do Desporto

O Município de Vila Nova de Famalicão revalidou o título de “Município Amigo do Desporto”, uma distinção atribuída pela Associação Portuguesa de Gestão do Desporto (APOGESD) em parceria com a Cidade Social e com o apoio institucional da República Portuguesa. O galardão, o segundo consecutivo, foi entregue no passado dia 29 de Novembro, em Rio Maior, durante o XIX Congresso Nacional de Gestão de Desporto.

Atividade desportiva gratuita e orientada para os seniores, inscrições dos jovens atletas nas diferentes federações desportivas suportadas pelo município, apoio às atividades das Associações e coletividades, ampliação do parque desportivo do concelho e a sua permanente manutenção, promoção de motricidade infantil e organização de múltiplos eventos desportivos são alguns dos argumentos que valem a Vila Nova de Famalicão este reconhecimento público nacional pelas suas políticas e dinâmicas desportivas.

A propósito da atribuição do prémio, o Presidente da Câmara Municipal começa por referir “que não são os prémios que fazem correr o município mas é sempre bom sentir que o caminho que estamos a seguir merece reconhecimento público, sinal de que é adequado”. Para Paulo Cunha a “intensa aposta do município no desporto é uma aposta na qualidade de vida das pessoas, no seu crescimento e na sua saúde”.

A avaliação para a atribuição do título Município Amigo do Desporto é feita em 10 áreas de atuação, nomeadamente organização, planeamento desportivo e dimensão económica, eventos, programas, estratégias de sustentabilidade ecológica, desporto solidário, parcerias, realidade desportiva, legislação, marketing e inovação.

O objetivo deste prémio é reconhecer o valor desportivo, ambiental e solidário de organizações, instalações, eventos e programas desportivos implementados nos municípios portugueses. O projeto assume-se como uma rede de partilha que privilegia a monitorização, o reconhecimento e a divulgação de boas práticas no âmbito municipal do desenvolvimento desportivo em Portugal.

Segundo o responsável nacional do programa, Pedro Mortágua Soares, “este programa parte do pressuposto de que o desporto e a atividade física são fatores de desenvolvimento do território e de melhoria da qualidade de vida da sua população, devendo ser reconhecidas as boas práticas, no sentido de as partilhar, potenciando a prática regular de atividade física e o desenvolvimento desportivo português”.

A Associação Portuguesa de Gestão de Desporto é uma organização sem fins lucrativos, que pretende contribuir e colaborar na criação de uma cultura de eficácia, qualidade e responsabilidade na gestão das organizações desportivas.

Previous post

Famalicão tem “Circo de Papel” no sapatinho

Next post

Este sábado há “Murmúrios de Pedro e Inês” na Casa das Artes

Cidade Hoje