Famalicão: Proteção Civil avalia necessidade de realojar família afetada pelo incêndio no centro da cidade

Os serviços de Proteção Civil de Famalicão avaliam, na tarde desta quinta-feira, a necessidade de realojar a única família que foi afetada pelo incêndio que marcou esta quinta-feira em Famalicão. As chamas deflagraram e destruíram por completo o edifício onde funcionavam o Classe Bar e a D.Maria Pregaria, na Praça D.Maria II.

Fonte ligada ao processo adiantou à Cidade Hoje que assim que terminarem os trabalhos de rescaldo proceder-se-á a essa avaliação.

A família, que ficou com a casa parcialmente destruída em consequência do incêndio e respetivo combate às chamas, poderá necessitar de ajuda em encontrar um novo local para ficar alojada. Em caso de não existir retaguarda familiar, os serviços de Proteção Civil deverão disponibilizar um alojamento temporário àquele agregado.