Famalicão: Pode deixar o seu nome inscrito nos azulejos da Fundação Cupertino de Miranda

A Fundação Cupertino de Miranda e a Câmara Municipal de Famalicão lançaram a campanha “Azulejos com Memória”, no sentido que as pessoas contribuam financeiramente para o restauro do painel de azulejos que reveste o edifício.

Dez euros ajudam ao restauro de um azulejo; isto sabendo que são 54 mil azulejos. Por cada contribuição, o nome fica registado no azulejo. Se uma família contribuir com 100 euros pode ficar o nome da família.

Ao doar deve preencher um formulário com os dados pessoais. O nome ficará para sempre associado aos azulejos e ao edifício da Fundação Cupertino de Miranda. No final receberá, também, um certificado da sua contribuição.

Daí o lema desta campanha ser: “Deixe a sua marca, preserve a memória e proteja a nossa história”.

Recorde-se que a Fundação Cupertino de Miranda e a Câmara Municipal de Famalicão decidiram, recentemente, o restauro dos painéis de azulejos que revestem o edifício da Fundação, da autoria do artista Charters de Almeida, com o consentimento do mesmo.

Esta reabilitação tem como intuito preservar a obra de arte original do artista, que se tornou uma referência de Vila Nova de Famalicão. A Fundação adianta que, perante as condições de degradação dos painéis, a visibilidade e a importância dos mesmos para a cidade, a decisão de restauro foi tomada após um longo período de reflexão com base em pareceres técnicos e de forma a assegurar o melhor restauro possível.