Famalicão: Paulo Cunha assinala Dia Internacional do Enfermeiro com dádiva de sangue

Paulo Cunha, presidente da Câmara, mantém a sua «obrigação» de dar sangue.

O autarca começou o dia a dar sangue, «porque sinto ser a minha obrigação», assinalando que cada vez que o faz «há sempre um enfermeiro que me ajuda a sorrir no momento da dádiva».

E como hoje é o Dia Internacional do Enfermeiro, Paulo Cunha deixa um «grande bem-haja a todos eles».

Recorde-se que Paulo Cunha tornou-se um regular dador de sangue.