Famalicão: “O ar e os espaços exteriores” é o próximo projeto da Engenho

A Engenho-Associação de Desenvolvimento Local do Vale do Este reuniu, via online, no passado dia 21 de janeiro, o seu Conselho Eco- Escolas e ficou definida a ação para o próximo projeto, que terá como tema aglutinador: “O Ar e os Espaços exteriores”.

Horta pedagógica, agricultura biológica, economia circular, jardinagem, construção de um galinheiro, arranjo de espaços exteriores, manutenção de um charco, berçário e plantação de espécies autóctones e percursos pedestres, são algumas das atividades e projetos a desenvolver ao longo do ano.

Em suma, a Engenho pretende promover a literacia para a sustentabilidade e aumentar o conhecimento e interesse pela biodiversidade, envolvendo as crianças, pais, familiares e comunidade numa cultura de responsabilização e de intervenção a favor do ambiente e da natureza.

Assim tem sido nos últimos anos. Isso também foi avaliado nesta reunião do Conselho Eco- Escolas, que contou com a participação da equipa pedagógica da instituição, representante do departamento do ambiente da câmara municipal, presidente de junta da união de freguesias, pais e membros/parceiros da comunidade.

Estes membros do Conselho Eco-Escolas são também os responsáveis pela escolha do tema deste ano: “O Ar e os Espaços exteriores”.

O tema proposto resulta dos condicionalismos e constrangimentos da situação epidemiológica que enfrentamos. Neste contexto, as equipas educativas da Engenho pretendem estimular, sempre que possível, momentos e práticas pedagógicas no exterior, através da criação de espaços lúdico-pedagógicas que irão valorizar a participação ativa da criança e contribuir para o seu desenvolvimento pessoal e social.