Famalicão: Mesmo em confinamento, jovens continuam a ser empreendedores

João Pedro Oliveira, Vitória Souza e Hélder Silva venceram mais uma edição do concurso “Meu projeto é empreendedor”, promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, com a parceria das empresas Continental, CEVE e Louropel, que patrocinam os prémios.

Assim, no setor da indústria, o projeto vencedor foi “REUTIC”, PAP do aluno João Pedro Alves Oliveira, do Curso Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos, da OFICINA – Escola Profissional do INA, orientado pela professora Paula Alexandra Silva. No setor agroalimentar, o projeto vencedor foi “Elaboração de Sushi”, PAP da aluna Vitória Gabrielly Vieira Catalde de Souza, do Curso Técnico de Restaurante e Bar, da Escola Secundária D. Sancho I, orientada pelo professor Nuno Salgado. No setor Comércio e Serviços, o projeto vencedor foi “Figuras Colecionáveis”, PAP do aluno Hélder Ribeiro da Silva, do Curso Técnico de Design Gráfico, da Escola Secundária Camilo Castelo Branco, orientado pela professora Susana Ferreira.

A cerimónia de entrega dos prémios decorreu esta quinta-feira, em formato online, e transmitida pela página Famalicão Educativo, na rede social Facebook (https://www.facebook.com/famalicaoeducativo). Participaram todas as escolas envolvidas, professores e alunos premiados, bem como representantes do júri, os vereadores da Educação e do Empreendedorismo, Leonel Rocha e Augusto Lima, respetivamente, e o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Durante esta cerimónia, o edil destacou a qualidade dos projetos premiados e o envolvimento de todos quantos dão corpo a esta iniciativa. «Famalicão nunca escondeu ser um ecossistema empreendedor», destacou Paulo Cunha, indicando que «a criação de uma dinâmica empreendedora exige o envolvimento multitask de múltiplos parceiros e múltiplas dimensões para que o resultado possa ser aquele que todos ambicionamos».

O presidente da Câmara elogiou a «qualidade da formação profissional, de ser a mais adequada às necessidades das empresas e de, por isso, garantir o sucesso de todos os envolvidos neste processo».

Recorde-se que o concurso “Meu projeto é empreendedor” tem como objetivo a valorização dos cursos profissionais destacando, de entre todos os concorrentes, as melhores Provas de Aptidão Profissional (PAP) apresentadas pelos alunos.