Famalicão: Mercearia da Vila vende qualidade a granel

O presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, incluiu a Mercearia da Vila no Roteiro pela Inovação. A visita à loja aconteceu no dia 12, segunda-feira, para perceber melhor o modo de funcionamento deste espaço comercial que fica na Rua Júlio de Araújo, n.º 5, perto da Praça 9 de Abril.

Quem entra na loja depara-se com sacos de serapilheira, frascos e caixas, que contêm frutos secos, sementes, especiarias, chás, leguminosas, entre outros ligados à alimentação. Outra caraterística deste espaço é que os produtos são vendidos a granel em modo de self-service.

O projeto é de Catarina Silva que assim concretiza o sonho de abrir um negócio que combate o desperdício, ajuda a cuidar da saúde e protege o ambiente. «Cada um leva o que precisa. Evita-se o desperdício e fomenta-se o consumo de produtos bons para a saúde e para o ambiente. O aroma, as cores e as texturas dos produtos são o melhor cartão de visita dos bens que escaparam ao embalamento industrial e que se mostram ao cliente em toda a sua transparência», evidencia a autora do projeto.

A Mercearia da Vila está aberta ao público desde janeiro deste ano; as circunstâncias excecionais provocadas pela pandemia fizeram temer o pior, mas foram essas mesmas circunstâncias que deram um impulso inesperado ao negócio. «O confinamento fez com que as pessoas valorizassem o comércio de proximidade e redescobrissem a sua mais-valia», assume Catarina Silva.

O presidente da Câmara considera este «um projeto pleno de virtudes. Aqui compra-se o que é preciso e aposta-se em produtos de qualidade e em compras na quantidade certa. Defende-se o consumidor e protege-se o meio ambiente. Um bom exemplo para o futuro».