Concelho

Famalicão Made In premeia projeto de criação de larvas para alimentação

O concurso JUMP promovido pelo Famalicão Made In premiou um projeto de criação de larvas para o fabrico de barras proteicas. Chama-se “Portugal Bugs” e representa o futuro da alimentação.

Os três primeiros classificados foram conhecidos na quinta-feira, dia 11 de julho, na Casa das Artes.

Na segunda posição ficou o projeto eCO2Blocks, que se propõe transformar resíduos da indústria em produtos de alta qualidade para a construção civil. Os promotores são de três nacionalidades.

O terceiro classificado é o White Stamp, que consiste em incorporar uma ferramenta nos sites de moda para que os consumidores possam trocar roupa usada por um crédito que podem usar na mesma marca.

Todos estes projetos, e os outros doze que ficaram de fora da lista de premiados, têm duas caraterísticas em comum: são inovadores e fomentam a economia circular.

Segundo o vereador da Economia e Empreendedorismo, Augusto Lima, «queremos projetos com valor acrescentado, virados para a internacionalização, que promovam a sustentabilidade da economia e atraiam jovens de outras regiões para o concelho de Famalicão».

Previous post

FC Famalicão continua no mercado à procura de um central, um médio e um avançado

Next post

Mulher atropelada em Calendário

Cidade Hoje