Famalicão lidera nas exportações a Norte

Os dados relativos ao terceiro trimestre de 2020 (julho, agosto e setembro) colocam Famalicão como primeiro nas exportações, relativamente à região Norte. Foi enviado para o exterior valor no montante de 465 milhões de euros.

Os dados foram revelados pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional Norte (CCDRN). O mesmo relatório revela que o terceiro trimestre de 2020 foi melhor do que o segundo do mesmo ano, quando foram exportados 310 milhões de euros.

Por comparação com o ano anterior, o terceiro trimestre teve uma quebra associada à pandemia na ordem dos 8,1%. Se forem analisados os valores do segundo trimestre e comparados com os do ano anterior, a quebra foi de 41,4%.

No mês de abril, o concelho exportou 70 milhões, em maio 102, subindo em junho para 138, aumentando para 169 em julho; em agosto voltou a cair para os 126 milhões, mas subiu em setembro e outubro, com 170 e 191 milhões de euros de exportações.

No segundo lugar do ranking das exportações surge o concelho de Braga, que terminou o terceiro trimestre de 2020 com 408 milhões de euros; em terceiro surge Maia, com 380 milhões; depois Guimarães, com 348 milhões, e Gaia, com 341 milhões.