Famalicão: JSD reivindica obras no centro de saúde de S. Cosme

A JSD de Vale S. Cosme, Telhado e Portela mostra-se preocupada com a possibilidade de fecho da Unidade de Saúde de S. Cosme. Esta estrutura partidária esteve reunida com o diretor do ACES, Sá Machado, a quem pediu intervenção. A JSD sugere que o edifício sofra uma reestruturação para que fique com melhores condições e mais acessível à população, nomeadamente aquela que tem menos mobilidade.

O presidente Luís Barroso e as coordenadoras Ana Solange e Ana Catarina Guimarães consideram que não faz sentido fechar esta unidade para transferir os utentes para a USF Antonina (Requião), como se tem falado.

Luís Barroso refere que «o Governo não pode pensar em centralizar os serviços e esquecer os mais idosos! O Estado deve sim pensar em descentralizar para que os serviços estejam mais perto de todos, e nomeadamente no que à saúde diz respeito, um acompanhamento de proximidade poderá salvar muitas vidas», frisou. «Não me venham dizer que a USF de Vale São Cosme tem poucos utentes porque isso não é verdade! Criem condições em São Cosme e os utentes voltam», acrescenta.

O Núcleo da JSD, através do presidente Luís Barroso, Rui Machado e Mariana Ferreira, visitou também o centro de vacinação contra a covid 19, e aproveitou o momento para congratular Ivo Sá Machado «pela boa gestão ao nível da organização da vacinação».