Famalicão: Há 138 pedidos de voto antecipado provenientes dos lares e do confinamento

Em Famalicão, há 138 eleitores inscritos para votar, provenientes dos lares e do confinamento. O município está a fazer a recolha dos respetivos votos entre esta terça e quarta-feira.

Para este trabalho, há dez equipas de duas pessoas: um colaborador municipal afetos aos serviços administrativos ou jurídicos e uma testemunha.

Por razões de saúde, as equipas vão devidamente protegidas, inclusivamente com luvas para manusear os boletins de voto. Isto significa que a cada voto há necessidade de mudar de equipamento. Os eleitores em confinamento votam à porta de casa, com máscara e caneta própria. Nos lares, há um local específico para votar.

No passado domingo, dia 17 de janeiro, votaram antecipadamente em Famalicão 1379 eleitores, dos 1578 que se tinham inscrito para o efeito. Um voto que, por razões de trabalho ou deslocação, obrigava a uma inscrição prévia.

A operacionalização também esteve a cargo da Câmara Municipal de Famalicão, que disponibilizou mais de meia centena de pessoas para o efeito. Votaram na Escola Primária Conde São Cosme e na antiga cantina.

No próximo domingo, dia 24, haverá mais mesas de voto por cada secção, com o objetivo de evitar concentrações. Não esqueça que é obrigatório levar caneta própria.