Famalicão: Governo prometeu mas não cumpriu com obras na Av. 9 de Julho até ao final de 2020

Estavam previstas terminarem até ao final de 2020 as obras de na conservação do pavimento e nos equipamentos de sinalização e segurança da Avenida 9 de julho, que liga as Rotundas do Marco e de Santo António, em Vila Nova de Famalicão.

Uma vez que a intervenção nem se chegou a iniciar, o deputado famalicense na Assembleia da República, Jorge Paulo Oliveira, numa interpelação escrita dirigida ao ministro Pedro Nuno Santos, quer que o Governo justifique este não avanço da obra e chega a perguntar ao ministro das Infraestruturas se não houve “disponibilidade financeira para esta intervenção ou se esta disponibilidade foi desviada para outra ou outras intervenções? Se os projetos “não ficaram concluídos a tempo” ou se o “concurso público ficou deserto”?

Jorge Paulo Oliveira lembra que esta via tem vários problemas: “O piso muito degradado, tem vários buracos ao longo da sua extensão, as marcações estão a desaparecer, a iluminação pública está inativa em partes da via, as passadeiras não são percetíveis, sobretudo à noite e a sinalização rodoviária vertical está deteriorada”.

O deputado aguarda esclarecimentos e uma nova data para o início dos trabalhos.