Famalicão: Fértil apresenta espetáculo baseado em memórias famalicenses

A Fértil – Associação Cultural desenvolveu “Diálogo 1# – Montes de Milho”, um espetáculo que aborda as experiências e as memórias da comunidade. A associação recorreu ao vídeo, teatro e à música e produziu um trabalho que envolveu as freguesias de Gondifelos, Cavalões, Outiz e Louro. O espetáculo vai ser exibido este sábado e domingo, pelas 18 horas, no salão da Junta de Freguesia de Cavalões e salão paroquial do Louro, respetivamente. “Diálogo 1# – Montes de Milho”, pertence a “Diálogo”, ação inserida no projeto Há Cultura | Cultura Para Todos, uma iniciativa do Município de Vila Nova de Famalicão.

O espetáculo tem como base relatos reais de memórias e vivências de 15 membros das freguesias famalicenses sobre tradições do cultivo do milho e atividades sociais envolventes. «A nossa ideia era aproveitarmos, tal como fazemos nos nossos espetáculos de teatro, as sinergias da comunidade, transformá-las num objeto artístico e devolvê-las numa outra forma», explicou o codiretor artístico da Fértil, Rui Leitão. Consequentemente, foram recolhidos testemunhos, através de suportes visuais. Por causa da crise pandémica, «pensamos em trazer a comunidade para o palco na mesma, mas em vídeo, salvaguardando qualquer tipo de contaminação possível durante o processo», declarou a codiretora artística da Fértil, Neusa Fangueiro.

A par dos relatos, “Diálogo 1# – Montes de Milho” cede ao espectador imagens e vídeos de paisagens e recriações locais. O espetáculo conta, ainda, com uma performance musical, protagonizada por Rui Leitão, em consonância com uma interpretação teatral, da parte de Neusa Fangueiro. O evento está limitado ao número de lugares disponíveis em cada local de exibição e os bilhetes podem ser levantados no próprio dia, na entrada do espaço onde vai ser realizada a atuação.