Famalicão: Engenho aprova plano de atividades e contas de 2 milhões de euros

Os associados da Engenho – Associação de Desenvolvimento do Vale do Este, reunidos em assembleia geral, no passado domingo, aprovaram, por unanimidade, o Plano de Atividades e Orçamento para ano de 2021, bem como o Relatório de Atividades e Contas de 2020.

Quanto a contas, no que se refere a rendimentos e gastos, estes rondam os dois milhões de euros, não havendo, segundo o presidente da direção, qualquer folga orçamental. Para o presidente da direção, tal facto «exige que sejam revistos em alta os valores das comparticipações em sede de Compromisso de Cooperação, celebrado entre o Governo e os representantes do setor social, a par de novas políticas públicas assentes em processos de descentralização efetiva». Este responsável defende ainda que, no que se refere às respostas sociais de apoio à 3ª idade, as mesmas deverão ter a dupla e concertada tutela do Ministério da Solidariedade e Segurança Social e do Ministério da Saúde.

Os associados reconheceram a «dedicação, o zelo, a resiliência, o sentido de responsabilidade e o profissionalismo que os colaboradores têm demonstrado» na prevenção e combate da pandemia e no funcionamento das diferentes respostas sociais e serviços.