Famalicão elogiado pelo desenvolvimento do turismo industrial

O presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Luís Pedro Martins, acredita que o turismo industrial tem enorme potencial e pode ajudar o setor do turismo a reerguer-se após a pandemia. Neste contexto, elogiou a oferta famalicense, no âmbito da marca “Famalicão Cidade Têxtil”, produto complementado com o enoturismo e com os produtos locais do Made In “Famalicão – Produto que é Nosso”.

Luís Martins falava no “Webinar: Turismo industrial: Partilha de boas Práticas – Desafios e Oportunidades”, que decorreu na passada sexta-feira e contou ainda com a intervenção da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques.

O presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal apontou Vila Nova de Famalicão como exemplo de um município onde se desenvolve o Turismo Industrial assente numa estratégia diferenciadora, que privilegia experiências autênticas e descobertas originais.

Mas não é só Famalicão, o responsável acredita que todo o Norte de Portugal tem «um enorme potencial para se afirmar como destino por excelência do turismo industrial, contribuindo para o seu prestígio e notoriedade. Estamos a trabalhar em rede, a nível nacional, em estreita ligação com o Turismo de Portugal, e também a nível regional de forma muito próxima e com o envolvimento direto e ativo dos municípios e parceiros, para edificarmos e consolidarmos um produto devidamente estruturado com o contributo de todos», afirmou.

Quem também participou no webinar foi o vereador do Turismo de Famalicão. Augusto Lima destacou o papel ativo e imprescindível de cada um dos agentes que integra o Roteiro Famalicão Turismo Industrial. Na altura afirmou que «a Câmara Municipal é um facilitador neste processo de estruturação de produto, com um importante papel na animação da rede e promoção do produto». O vereador referiu que esta rota integra áreas onde há um enorme potencial turístico para ser conhecido e visitado e sublinhou que sendo Famalicão sendo uma verdadeira referência a nível industrial, detentora da marca Cidade Têxtil, tem todas as condições para fazer desta nova aposta um projeto de grande sucesso turístico.

Refira-se que o Turismo de Portugal, IP., lançou, em janeiro, o Grupo Dinamizador da Rede Nacional de Turismo Industrial. O Município de Vila Nova de Famalicão faz parte deste Grupo Dinamizador, a par de mais cinco Municípios, atendendo ao trabalho que tem vindo a realizar no âmbito do produto Turismo Industrial e por ter sido reconhecido com o Prémio ALA+T.