Famalicão: Concertos musicais marcam Festas Antoninas limitadas pela pandemia

A edição deste ano das Festas Antoninas – em 2020 não se realizaram, devido à pandemia – apresentam um programação reduzida, adaptada às contingências atuais e dependente da situação epidemiológica no concelho. Os festejos iniciam-se no dia 4 de junho e prolongam-se durante dez dias, contando sobretudo com espetáculos de música.

Os doze concertos vão decorrer enquadrados no “Anima-te”, cumprindo, deste modo, as regras já estipuladas para os eventos que vão ser desenvolvidos entre junho e agosto. O palco do Anima-te encontra-se no Parque da Devesa, junto ao lago, e pode receber cerca de 882 pessoas. Os espetáculos são gratuitos, mas o levantamento de ingresso no local do evento é obrigatório e pode ser realizado durante as duas horas que antecedem o concerto. Cada pessoa pode recolher até seis ingressos.

No dia 4 de junho, Famalicão recebe Miguel Araújo e, no dia 11, Zé Amaro pisa o palco famalicense. A programação conta também com as atuações os Cotovia Arisca e da Banda Myllenium, no dia 5, e dos Pedra D’Agua e da Banda de Música de Riba D’Ave, no dia 6. No dia 10, o folclore famalicense e a Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense vão desenvolver também os seus espetáculos. A Maria do Sameiro e a Banda Fammashow vão marcar presença nas festas, no dia 12.

As Antoninas terminam no dia 13, com os concertos dos Folc D’Ave e da Banda de Música de Famalicão. Neste dia, às 17 horas, celebra-se missa em honra de Santo António. O encontro religioso vai ser transmitido em direto no facebook do município. Por volta das 21h30 acontece a habitual sessão de fogo de artifício, no Parque da Devesa.

De modo a relembrar o famoso desfile das Marchas Antoninas, vai ser exibida uma exposição patente no Parque da Devesa, com alguns dos arcos que assinalaram as últimas edições. Além desta exposição, na Praça 9 de Abril, recebe as Cascatas a Santo António e, no Museu Bernardino Machado e nas ruas e praças da cidade, vai estar exposta a “Festas Antoninas. Entre o Sagrado e o Profano”. Durante estes dez dias vai realizar-se também o concurso de quadras “Santo António e a Mobilidade nas Festas Antoninas”.

No parque de estacionamento provisório localizado nos terrenos da antiga Central de Camionagem, junto ao recinto do Anima-te, vai ser instalada uma zona de alimentação. O espaço vai funcionar ao postigo, vai ter lotação limitada e não vai apresentar esplanada. Além deste espaço adicional, estava previsto a criação de uma zona de divertimentos em Ribeirão. No entanto, a zona não vai estar operacional devido ao baixo número de requerimentos apresentados para o efeito por parte dos empresários do setor junto da Câmara Municipal.