Famalicão: “Comércio com História”, com benefícios e reconhecimento público

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão desenvolveu o programa “Comércio com História” de modo a promover e manter o comércio tradicional do concelho nas suas dimensões patrimoniais, históricas, culturais e sociais. A iniciativa conta com 23 estabelecimentos, dos quais nove fazem parte da cidade, quatro pertencem à freguesia de Antas, outros tantos de Joane, três de Ribeirão e dois de Riba de Ave.

Em consequência deste programa, pelo concelho existem espaços comerciais que estão sinalizados com a placa “Comércio com História”. Estes espaços fazem parte da história e preservam marcas da identidade coletiva do território famalicense.

Esta sexta-feira, dia 30 de julho, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, vai assinalar a colocação das placas identificativas, através de um momento simbólico, que vai decorrer loja centenária Alcino Freitas. Os espaços comerciais inseridos no programa, além de serem reconhecidos, também beneficiam das medidas de proteção previstas na Lei n.º 42/2017, de 14 de junho.

Os estabelecimentos que se enquadrem nos critérios de reconhecimento de interesse histórico, cultural ou social local, previstos no Regulamento Municipal da Urbanização e Edificação, podem apresentar e submeter a sua candidatura através do preenchimento de formulário disponível em https://www.famalicao.pt/comercio-com-historia.