Famalicão celebra o Dia Internacional dos Museus com mais de três dezenas de atividades

O Município de Vila Nova de Famalicão assinala o Dia Internacional dos Museus com a promoção de mais de 30 atividades, entre o dia 15 e 18 de maio. As iniciativas presenciais e online vão decorrer a partir dos museus do concelho. Durante estes quatro dias, vai ser disponibilizada também a iniciativa “Musear por Vila Nova de Famalicão”. A atividade cede, através de um QR Code, três sugestões de roteiros de exploração das estruturas museológicas da cidade.

“Juntos fazemos museu. Pensar o desenvolvimento sustentável” é a conferência digital que inicia o conjunto de atividades. Marcada para o dia 15, às 15 horas, o evento visa abordar conceitos e exemplos de boas práticas que podem facilitar o entendimento de como os espaços podem agir seguindo um desenvolvimento sustentável. A conferência conta com a Diretora Regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, a museóloga e investigadora Graça Filipe, a diretora do Museu de Lisboa e presidente do ICOM CAMOC, Joana Sousa Monteiro, e a professora da Universidade de Aveiro, Sara Moreno Pires, como oradoras principais. As inscrições para a iniciativa são gratuitas e devem ser submetidas até o dia 13 de maio.

No mesmo dia, às 22 horas, vai decorrer o concerto por Gil Cadeias e Pedro Vilaça no Museu Bernardino Machado. O encontro vai ser transmitido na página de Facebook do museu.

O Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave, o Grupo Etnográfico Rusga de Joane, no dia 16 de maio, pelas 11 horas, vai transportar os visitantes pelas memórias e vivências do passado, tendo por base a performance “Vivências do Linho”. O projeto vai ser transmitido no Facebook da Rede de Museus (www.facebook.com/rededemuseusdevilanovadefamalicao). Tal como a conferência digital, esta atividade requer inscrições até ao dia 13 de maio e podem ser efetuadas para o email [email protected].

No dia 18 de maio, podem ser realizadas visitadas virtuais ao Museu Bernardino Machado (www.bernardinomachado.org/) e à exposição “Espaço Mário Cesariny”, na Fundação Cupertino de Miranda. A primeira visita dá a conhecer os recantos do Palacete Barão de Trovisqueira. A segunda destaca o espaço-vida-obra de Cupertino de Miranda.

Todas as atividades presenciais seguirão as normas e as indicações da Direção-Geral de Saúde, encontrando-se sujeitas à lotação dos espaços. Programa completo em www.famalicao.pt .