Famalicão: Câmara continua interessada em criar a área protegida das Pateiras do Ave

A Câmara Municipal de Famalicão mantém a intenção de criar a área protegida das Pateiras do Ave, em Fradelos. A proposta de regulamento que foi posta à discussão pública encontrou resistência da população, principalmente da parte dos agricultores.

A Câmara decidiu, por isso, recuar no processo e vai tratar individualmente com cada proprietário de terras. Há três formas de o fazer: o município adquirir terrenos; tomá-los de arrendamento ou chegar a acordo com o proprietário quanto ao modo de cultivar as terras. «Só mediante estes três casos é que admito como viável que uma área possa integrar uma paisagem protegida», revela o presidente do Município. Mas, Paulo Cunha rejeita o recurso à expropriação.

O autarca diz que é um exercício democrático ouvir a opinião da população. «É impossível construir-se uma área protegida de costas voltadas para as pessoas que são visadas pela mesma», afirma.