Famalicão: Associação Humanitária BV Famalicenses cria serviço de teleassistência

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários Famalicenses avança com a marca social Guitas Cuida.

O primeiro passo deste projeto social é a teleassistência, focada na saúde e segurança dos utentes de todo o concelho, especialmente pessoas idosas, indivíduos com incapacidades físicas, quem vive sozinho ou isolado e trabalhadores com profissões de risco.

Helena Correia, que faz parte da direção desta associação, vai coordenar este projeto, que conta com diversos parceiros sociais, como as IPSS, CSIFS, Juntas e outras entidades.

Como cada pessoa vai ter um dispositivo, os Bombeiros Voluntários Famalicenses recebem automaticamente todas as informações relativas aos sinais vitais de quem está à distância. «Permite um serviço de emergência mais rápido e mais seguro em caso de necessidade», destaca Helena Correia.

O próximo passo da marca social Guitas Cuida será a formalização do serviço de apoio domiciliário. É um projeto que tem vindo a ser amadurecido pela direção, que já entrou em contacto com as entidades oficiais para que seja formalizado.