Famalicão: Bolsas de investigação para atrair mais talento e projetos inovadores

A Câmara Municipal de Famalicão vai abrir um concurso público para bolsas de investigação, destinadas a projetos de inovação tecnológica para a área da indústria.

O regulamento do concurso estará em discussão pública por um período de trinta dias, a contar da data de publicação em Diário da República, mas a Câmara conta que o primeiro aviso de candidaturas possa acontecer no início do segundo trimestre de 2021.

Deste modo, ainda não se sabe quantas bolsas serão atribuídas nem o orçamento municipal para o efeito, mas já está estipulado que cada bolsa de estudo é de cinco mil euros.

Segundo Augusto Lima, vereador da Economia e Empreendedorismo, o objetivo é apoiar projetos de inovação com aplicação à indústria e atrair talentos para o concelho. «Queremos elevar os índices de inovação no concelho para contribuir com mais patentes, com produtos de elevada incorporação tecnológica e produtos de valor acrescentado», refere o autarca.

Por isso, este programa tem a parceria de universidades e institutos públicos, com destaque para a COTEC Portugal – Associação Empresarial para a Inovação e a Agência Nacional para a Inovação, entidades que vão ser o júri na atribuição e validação dos projetos.