Concelho

Famalicão às escuras por uma boa causa

Vários edifícios e espaços de Vila Nova de Famalicão vão ficar este sábado (25 de Março de 2017)  às escuras, durante uma hora. O município famalicense volta a associar-se à Hora do Planeta, uma iniciativa promovida a nível mundial pela WWF – World Wide Fund for Nature, uma das mais conhecidas Organizações Não Governamentais ambientalistas do mundo.

Entre as 20h30 e as 21h30 deste sábado, dia 25, serão então desligadas as luzes do Edifício dos Paços do Concelho e jardim envolvente, da Casa das Artes, do Centro de Estudos Camilianos, do Palacete Barão da Trovisqueira onde está situado o Museu Bernardino Machado e a Galeria Municipal Ala da Frente, da Casa da Cultura e do Largo dos Eixidos, da Casa do Território, no Parque da Devesa, da Praça 9 de abril e do Mosteiro de Landim.

Refira-se que apesar de simbólica, a Hora do Planeta é a maior ação do género à escala mundial, juntando centenas de milhões de pessoas em todo o mundo em defesa do ambiente. A iniciativa é celebrada desde 2009, com o intuito de alertar para as alterações climáticas e estimular a redução dos consumos energéticos.

Previous post

Câmara de Famalicão desafia associações culturais do concelho para projeto em rede

Next post

Famalicense Pedro Lima lança primeiro livro na Biblioteca Municipal

Cidade Hoje