Famalicão: “ADN Made IN” vai promover a discussão entre agentes de startups e empresários com experiência

O município de Famalicão, através do programa Made In, vai promover a discussão em torno da economia. Elaborou, por isso, um videocast, a que deu o título “ADN Made IN” que nesta primeira edição terá 12 episódios.

De um lado, a energia e irreverência das startups famalicenses; do outro a experiência e a maturidade de algumas empresas e instituições mais sólidas.

O primeiro episódio está marcado para a próxima semana, dia 4 de março, quinta-feira, às 21h30, e vai pôr “frente a frente” o CEO da famalicense Swonkie, uma plataforma de gestão de redes sociais, e o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, numa conversa sobre a importância das startups no futuro das economias locais.

Esta primeira edição conta já com a participação de nomes como Raquel Vieira de Castro, administradora da empresa Vieira de Castro, Luís Pedro Martins, presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, e Braz Costa, Diretor-geral do Citeve, para além de João Cortinhas, Rui Costa e Filipe Portela, das startups Swonkie, EatTasty e IOTech, entre outros.

Sustentabilidade, economia circular, bioeconomia, transição digital e responsabilidade social são alguns dos temas que vão dar o mote para esta série de conversas sem guião, mas que os organizadores acreditam ser enriquecedoras para todos.

Para o presidente da autarquia, esta iniciativa «é mais um exemplo da aproximação com o tecido empresarial que o programa Famalicão Made IN sempre cultivou».

Todos os videocasts poderão ser visualizados através do Facebook e do site do Famalicão Made IN, em www.facebook.com/famalicaomadein e www.famalicaomadein.pt/. O primeiro episódio terá também transmissão no Facebook do Município de Famalicão, emwww.facebook.com/municipiodevnfamalicao.