Famalicão: AD Ninense defende suspensão do futebol não profissional

A direção da Associação Desportiva Ninense defende, em comunicado emitido esta quarta-feira, a suspensão do futebol não profissional.

No documento publicado nas redes sociais, a coletividade de Nine elenca uma série de motivos para esta tomada de decisão, desde logo porque continuam a não estar reunidas as devidas condições para a prática desportiva e pede que «todas as entidades que gerem o país tomem conhecimento desta preocupante situação e tomem as devidas diligências, que no nosso entender têm obrigatoriamente depassar pela suspensão imediata da época desportiva 2020/21».

O Ninense, que compete na Pró Nacional da AF Braga, alerta que é muito difícil organizar o seu dia a dia quando todas as semanas há jogos adiados e recorda que, até ao momento, e por esse motivo, a sua equipa sénior apenas disputou duas partidas. «Em três meses, dois jogos, é sustentável?», equaciona a direção do clube.

No extenso comunicado, o clube fala, ainda, na perda de receitas e patrocínios, na dificuldade em angariar novos apoios e de um contexto desportivo muito difícil que a pandemia trouxe. De resto, assinala, «somos obrigados a competir para manter o clube na divisão em que se encontra. Se desistirmos, teríamos de começar de novo», deitando por terra «todo o trabalho e esforço de muitos ao longo de 50 anos de existência do clube. No entanto, entendemos que a saúde de todos está em primeiro lugar».

A direção da AD Ninense espera que este alerta encontre eco junto «de quem decide», alertando que a sua preocupação «é comum a todos os clubes».