Famalicão abre em setembro um curso de Artes do Circo

Famalicão abre em setembro um curso de Artes do Circo

A ACE – Escola de Artes de Famalicão, em parceria com o INAC – Instituto Nacional de Artes do Circo e o Teatro Didascália, vai dinamizar esta nova oferta educativa. É um curso de equivalência ao 12.º ano, de nível profissional IV, único fora de Lisboa, já homologado pelo Ministério da Educação.

O ator António Capelo, diretor da Escola de Artes, apresentou a novidade durante a visita que Paulo Cunha realizou, na tarde de ontem, às instalações da ACE. António Capelo falou do “momento auspicioso” que vive a instituição e sublinhou que com este novo curso de artes circenses “estamos a abrir uma nova porta no país para que no futuro os formandos possam enriquecer o mercado de trabalho”. O responsável salientou que o objetivo deste novo projeto, desenvolvido em conjunto com o INAC e o Teatro da Didascália visa, acima de tudo, “dignificar a profissão”.

O presidente da Câmara Municipal foi conhecer os projetos da Escola de Artes de Famalicão; um visita no âmbito do Roteiro pela Inovação. Paulo Cunha mostrou-se rendido ao projeto educativo da ACE e falou da “grande notícia para o concelho” que é o nascimento do curso de circo. O autarca elogiou a parceria entre as três instituições, salientando que se trata de “um sinal de convergência e de inteligência”.

Para Paulo Cunha, com este novo projeto “estamos a criar condições para o surgimento de novos projetos culturais. Famalicão é também hoje conhecido como um concelho que produz cultura.”

Most Popular Topics

Editor Picks