Famalicão: 600 mil euros para o universo Camiliano

O conjunto Camiliano de Seide S. Miguel vai apresentar novas valências e dinâmicas, num investimento que ultrapassa os 600 mil euros. As novas valias surgem de ações desenvolvidas pela Câmara Municipal no âmbito de um plano de valorização do espaço, segundo três programas aprovados pelo Norte 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Esta terça-feira, dia 1 de junho, o presidente da Câmara Municipal visitou as intervenções que estão a decorrer. Paulo Cunha visitou as obras no dia em que se assinalou os 131 anos da morte de Camilo Castelo Branco. O autarca ficou com a garantia de que as intervenções vão estar concluídas no último trimestre deste ano.

Os programas em curso relacionam-se com a valorização da Casa-Museu, qualificação e divulgação territorial e valorização da visita a Seide. Os projetos vão permitir requalificar e remodelar a Quinta e a Casa dos Caseiros, devolver a Casa de Camilo à traça original do edifício e enriquecer a Rota Camiliana.

Além dos programas, a Câmara Municipal está a concluir a criação do novo acesso ao Centro de Estudos Camilianos, projetado pelo arquiteto Siza Vieira. O desenvolvimento da nova entrada surge como a conclusão do projeto do arquiteto.