Exportações de têxteis e vestuário cresceram em abril

Em abril deste ano, as exportações aumentaram 5,3% em relação a abril de 2019, com um valor exportado de 451 milhões de euros. No entanto, o primeiro quadrimestre de 2021 registou uma taxa de evolução negativa, em comparação com o mesmo período de 2019.

Abril permitiu registar um aumento de exportações de têxteis, com um acréscimo de 61 milhões de euros, e vestuário, com um acréscimo de 36 milhões de euros. Artigos têxteis confecionados, como roupas de cama, mesa, toucador ou cozinha, e vestuário de malha, como camisolas, pulôveres, cardigãs ou coletes, foram os produtos que apresentaram melhores desempenhos nesses meses.

França foi o país que mais se destacou ao nível das exportações, nos primeiros quatro meses do ano. França assinalou um aumento de 31 milhões de euros, em comparação com 2019. Os EUA assinalaram uma subida de 21 milhões de euros, enquanto que a Alemanha e Dinamarca registaram um crescimento superior a 11 milhões de euros. Espanha continua a destacar-se pela negativa ao assinalar um decréscimo de 102 milhões de euros nestes meses.

As importações de têxteis e vestuário assinalaram uma quebra de cerca de 20%. Em contraste, a balança comercial do setor registou um saldo positivo de 606 milhões de euros no primeiro quadrimestre do ano.