Estudantes do IPCA ajudam quem está em isolamento

Através de uma linha de apoio gratuita (800 100 555), os estudantes do IPCA estão a prestar apoio, de forma gratuita, a quem precisar de aprender a utilizar as redes sociais e os serviços de mensagens online.

O serviço, que começou no dia 7 de abril, funciona todos os dias, das 12 às 20 horas. O objetivo é quebrar o isolamento a que muitas pessoas, por não saberem usar as novas tecnologias, estão sujeitas neste período de recolhimento em casa.

O projeto envolve a ação social, estudantes, docentes das áreas das tecnologias, que, também em regime de voluntariado, coordenam tecnicamente o grupo dos voluntários e esclarecem as dúvidas que estes possam ter.

Para Maria José Fernandes, presidente da instituição «o IPCA tem-se ajustado a esta nova realidade. É uma situação nova para todos e estamos todos a aprender a lidar com ela».

Silvana Chagas, docente no IPCA na área da informática, explica que «este projeto, além da partilha do conhecimento, permite aos voluntários ter a perceção dos passos necessários para colocar uma operação destas ativa; a logística que envolve até poderem estar na linha da frente e este Know-how que o IPCA está a proporcionar não têm preço».

«Atendi um senhor com 81 anos, de Lisboa, que já tinha algum conhecimento relativo à utilização da internet, pois já utilizava o e-mail», começa por referir a voluntária e estudante de Solicitadoria, Susana Coelho. «O senhor queria mandar o ficheiro word do Somos Digitais pelo whatsapp para os amigos e algumas fotografias dos seus dias de quarentena. Ligou mesmo do telefone fixo para ter o telemóvel livre para receber a explicação», adianta a voluntária que tem gostado da experiência de ajudar o próximo.

“A linha Somos Tod@s Digitais” é uma iniciativa do programa INCoDe.2030 – Iniciativa Nacional para as Competências Digitais – e reúne esforços de várias entidades nacionais para ajudar a população portuguesa com menos competências digitais a lidar melhor com a situação de isolamento social, a que está sujeita.