Espectador morre no Rali de Portugal 26

Espectador morre no Rali de Portugal 27

Um espectador do rali de Portugal morreu, sábado, em Amarante. Ajuda demorou a chegar porque os socorristas tiveram de se deslocar a pé, numa zona de circulação apenas aos carros do rali.

A vítima caiu ao chão inanimada a zona do Bosque dos Avós, em Aboadela, Amarante. Inácio Nuno Pinho, de 57 anos, natural de Vale de Cambra, chegou ao local com dois amigos de bicicleta.

Segundo o JN, o homem caiu inanimado junto a uma barraca de uma associação. “Uma enfermeira no local ainda fez manobras de reanimação, tendo o doente recuperado por três vezes”, começa por explicar António Ferreira, também ele um espetador do rali que se encontrava no local da ocorrência.

“O episódio ocorreu antes de se iniciar a classificativa, inclusive antes de surgirem os carros da organização a abrir o troço. No preciso momento que se iniciou o troço chegou um helicóptero. O INEM também apareceu no local, tendo feito o percurso do publico, serra acima, em cima da hora”, refere a testemunha.

O incidente deu-se cerca das 10.30 horas, num local a cerca de dois quilómetros da classificativa de Amarante. “Não sei se o resultado teria sido diferente, mas a ambulância poderia ter chegado mais cedo no mínimo meia hora”, concluiu António Ferreira

Em comunicado o INEM e ACP informaram que tiveram conhecimento da situação, cerca das 10.50 horas, e que foram acionados os meios que se encontravam mais próximos da vítima.

“Por se encontrar numa zona de espetáculo, o acesso das viaturas por via terrestre não se revelou possível, tendo a equipa com capacidade de Suporte Básico de Vida (SIV) conseguido chegar a pé junto da vítima”, pode ler-se.

Segundo a fonte o helicóptero foi acionado às 10.54 horas e aterrou no local às 11.19 horas.

Fonte: JN

Most Popular Topics

Editor Picks