Escola de Desporto Adaptado quer a excelência desportiva

Escola de Desporto Adaptado quer a excelência desportiva

Tal como foi anunciado recentemente, Vila Nova de Famalicão vai ter uma Escola de Desporto Adaptado. Trata-se de um sonho de Luís Silva, o pluricampeão nacional e medalhado internacionalmente, incluindo uma prata nos Paralímpicos de Londres.

A escola vai nascer sobre a égide da Associação de Boccia Luís Silva que, atualmente, tem três modalidades (boccia, futebol e atletismo), num total de 20 atletas. O projeto de criação, que deverá estar concluído até ao verão, é inovador ao ponto de ser único no país, como faz questão de realçar Ricardo Sá, um dos treinadores da associação.

Em entrevista ao Vídeo Árbitro da CIDADE HOJE, emitida na passada sexta-feira, Ricardo Sá refere que a linha orientadora deste projeto é a formação, a captação de talentos e a excelência desportiva.

Para a criação da escola, número de alunos e modalidades, é importante o apoio da Câmara Municipal, com a qual a associação tem um potocolo que visa possibilitar a que todos possam praticar desporto. Com esta parceria, relata Ricardo Sá, «conseguimos chegar às pessoas com deficiência, porque este projeto abarca as instituições e agrupamentos de escolas».

Ao nível de infraestruturas, a associação utiliza vários espaços municipais. Uma vez criada a escola «e quando sentirmos a necessidade de alargarmos a utilização dos espaços, acredito que teremos uma resposta da Câmara Municipal. É um caminho que virá mais à frente».

Leia a entrevista na íntegra na edição desta semana do Jornal CIDADE HOJE.

Most Popular Topics

Editor Picks