Empresas têxteis famalicenses desenvolvem projeto sustentável

Recutex, Fiavit e Lurdes Sampaio organizaram o projeto “Rfive”, um modelo de sustentabilidade que assenta na economia circular. As empresas pretendem tornar o velho em novo e criar um processo baseado no conceito “zero waste (lixo zero)”. O projeto surgiu com o propósito de antecipar as normas e os objetivos da União Europeia relacionados com a reciclagem têxtil para 2025.

No decorrer do projeto, a Recutex faz a reciclagem de fibras têxteis a partir de peças de vestuário sem uso ou em fim de vida que recebe de marcas e desperdícios da confeção. A Fiavit produz um novo fio já reciclado a partir dessas mesmas fibras e a Lurdes Sampaio usa esse fio, com alta percentagem de fibras recicladas, na produção de novas malhas. As novas malhas são posteriormente introduzidas nas diferentes coleções e acabam por dar origem a novas peças de vestuário.

«A consciência social e ambiental nas empresas tem revelado iniciativas de sucesso na indústria têxtil e do vestuário e este projeto pretende ser um grande contributo para uma cadeia têxtil sustentável e um consumo mais consciente, minimizando o impacto ambiental em todo o seu processo», declarou Conceição Sampaio, CEO da empresa Lurdes Sampaio. «Trata-se de um projeto chave na mão que incorpora mais de meio século de experiência na produção de fibras recicladas num projeto global», explicou João Valério, administrador da Recutex e da Fiavit.

O nome do projeto remete para cinco dos princípios da sustentabilidade e economia circular: reduzir, reutilizar, reciclar, renovar e restaurar. O processo na base do “Rfive” inicia-se com a recolha de resíduo têxtil. De seguida, ocorre a escolha, separação e preparação das fibras têxteis recicladas e depois a fiação da fibra reciclada. No fim, ocorre a produção de malha com algodão reciclado. De acordo com João Valério, «obtemos uma produção sem emissão de CO2, sem consumo de água e sem uso de produtos químicos. Conseguimos, dessa forma, fechar um ciclo de economia circular».

Famalicão: Acidente condiciona o trânsito na N206 em Outiz

Um acidente de viação, ocorrido cerca das 10h30 desta segunda-feira, está a condicionar a normal circulação automóvel na N206, em Vila Nova de Famalicão.

O sinistro deu-se em plena Avenida Dom Afonso III, na entrada da freguesia de Outiz.

Conforme é visível na imagem enviada à Cidade Hoje, há um veículo que se encontra parado na faixa do sentido inverso.

Não há informação da existência de feridos.

Famalicão: Hoje há festa de verão e da cerveja em Sezures

Na tarde deste domingo, realiza-se a festa de verão e da cerveja, na Capela de S.Vicente em Sezures, Famalicão.

A iniciativa arranca às 15h com muita animação musical, a começar com grupos de concertinas e a prosseguir com DJ.

Simultaneamente, no mesmo recinto, decorre o primeiro encontro de concertinas.

 

 

 

FC Famalicão perde troféu Teresa Herrera nas grandes penalidades

A equipa do FC Famalicão perdeu, este sábado, o troféu Teresa Herrera, prestigiada competição que, no plano feminino, vai na décima edição.

A equipa famalicense esteve a vencer o RC Deportivo de La Coruña por 2-0, mas a equipa espanhola logrou chegar ao empate que prevaleceu até ao final do tempo regulamentar.

A decisão foi para as grandes penalidades e o Desportivo foi mais certeiro, com vitória 5-3 sobre as famalicenses.

Famalicão: Autarquia conta com equipamento para tratar do novo piso do centro da cidade

Para fazer face a todas as exigências em termos de limpeza do renovado centro urbano, a Câmara Municipal de Famalicão passa a contar com um novo equipamento, um Aspirador Urbano Elétrico.

Numa nota publicada nas redes sociais, a autarquia refere que este é um equipamento amigo do ambiente, com capacidade de armazenamento de 240 litros, apto para lavagens de manchas e sujidade, bem como aspiração de resíduos sólidos de pequena dimensão.

Famalicão: Ana Marinho vence prova em Espanha

Na manhã deste sábado, a atleta da Escola de Atletismo Rosa Oliveira venceu a décima primeira edição da Carreira Pola Praia, na Galiza.

Ana Marinho venceu a geral, cumprindo os 6kms na Praia América à frente de quatrocentos participantes e repete o triunfo da edição anterior.

Ainda da escola joanense Bruna Ortiga venceu em sub-23.

Rosa Oliveira foi a mais rápida entre as veteranas 55.