Empresa famalicense fixa salário mínimo em 715 euros

A SCOP – Criação e Desenvolvimento Têxtil, Lda. vai fixar o salário mínimo praticado na empresa em 715€/mês. A medida, anunciada pela administração da empresa com sede em Oliveira Santa Maria entra em vigor no dia 1 de setembro.
A estes 715 euros mensais acrescem 15 euros de prémio de assiduidade e um seguro de saúde oferecido pela empresa a todos os colaboradores.

Tratam-se de medidas «no âmbito da nossa política interna de responsabilidade social. Uma equipa motiva é a locomotiva de uma organização e o fator financeiro, a par de outros, como o bom ambiente de trabalho, é fundamental para essa motivação», sustenta a empresa. Por estas razões foi decidido dar aos atuais 30 trabalhadores um melhor salário, «porque o bom desempenho dos nossos colaboradores e o espírito de equipa e entreajuda são o que fazem da SCOP uma grande
organização», reconhece a administração.
A par destas medidas, a SCOP está, também, a contratar costureiras para trabalhar na unidade de Oliveira Santa Maria. A marcação de entrevista pode ser feita através do email [email protected] ou pelo telefone 252981500.
A SCOP é uma empresa têxtil do Grupo Mosanto, sediado em Oliveira Santa Maria. Conta com 22 anos de existência, sempre dedicados ao setor têxtil e do vestuário.