Concelho

Embaixador da Alemanha classifica Famalicão como “business friendly”

O Embaixador da Alemanha em Portugal não tem dúvidas na hora de classificar Vila Nova de Famalicão quanto à sua capacidade de chamar a si protagonismo económico a nível nacional. Christof Weil considera o concelho como business friendly (amigo dos negócios)”.

O diplomata esteve em Vila Nova de Famalicão, ontem, 23 de março, a convite do Presidente da Câmara Municipal, tendo participado numa conferência do ciclo Famalicão Made INternational sobre as oportunidades de negócio no mercado alemão e que lotou o auditório da Casa do Território. A iniciativa enquadra-se na estratégia de diplomacia económica que Paulo Cunha tem vindo a promover para estimular o fortalecimento da competitividade e internacionalização das empresas famalicenses.

O embaixador germânico não poupou nas palavras para descrever um concelho que diz conhecer pelas suas “grandes empresas” onde se incluem as poderosas alemãs Continental Mabor, Leica e Olbo&Mehler. “Exemplos fortes de exportação, inovação e criatividade”, disse, realçando a atratividade de Famalicão para o investimento empresarial. “Sei o quão amigo dos negócios é. Quero demonstrar o meu apreço por isso e dar os parabéns pelo evidente sucesso que tem.”

O passo seguinte a esta visita, admitiu Christof Weil, passa pelo robustecimento das relações comerciais, colaborando com os empresários famalicenses na entrada ou consolidação dos seus negócios na Alemanha, quarta economia mundial, como é, aliás, desígnio da ação da Câmara Municipal no plano económico.

“Ecossistema favorável ao investimento”

Paulo Cunha descreveu a visita do Embaixador da Alemanha em Portugal como “mais uma etapa no processo de internacionalização da economia famalicense”, recordando que estas conferências têm o intuito de assumir a vocação internacional de Vila Nova de Famalicão.

“Somos um concelho com marca exportadora, que aposta no desenvolvimento industrial, que faz investimento público a pensar na criação de condições para atrair investimento privado”, sublinhou o edil famalicense. Aliás, Paulo Cunha insistiu na “grande ambição” que Famalicão tem e que passa por criar as condições ótimas para cativar o interesse de empresas e investidores de qualquer quadrante geográfico.

Isso é o “ecossistema favorável ao investimento”, ou seja, “reunir as condições necessárias para que um investidor olhe para nós e nos escolha para fazer investimento”, ilustra Paulo Cunha. O edil lembrou finalmente que estão a ser feitos “enormes investimentos” na formação profissional dos trabalhadores locais para que estejam à altura dos projetos que estão em curso no concelho famalicense.

Embaixadores Empresariais de Famalicão na Alemanha

Ponto alto desta conferência foi a apresentação dos ‘Embaixadores Famalicenses na Alemanha’. Pedro Carreira (Continental Mabor), Paulo Maravalhas (Leica), Marcelo Garcia (Olbo&Mehler) e António Abreu (Deinzer) são os empresários que conhecem bem o mercado germânico e que se disponibilizaram para aconselhar outras empresas famalicenses na entrada ou consolidação dos seus negócios na Alemanha.

Famalicão Made INternational é uma iniciativa da Câmara Municipal que conta com a cooperação da AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal e da ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional.

Previous post

Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho com candidaturas abertas

Next post

Campanha de adoção de árvores foi um sucesso

Cidade Hoje