Economia famalicense impressiona pelos números

Perto de 25% dos bens transacionados internacionalmente pelo município mais exportador do Norte de Portugal têm como destino a Alemanha. Segue-se a Espanha, como destino de 14,5% das exportações e a França com 8,2 por cento. O exigente mercado Europeu é mesmo o destino de mais de 50% das exportações do concelho famalicense, que se destaca pelo valor acrescentado bruto das suas indústrias transformadoras, o segundo maior do país e que, entre 2013 e 2016, cresceu mais de 25 por cento.

Os números da impressionante dinâmica económica de Vila Nova de Famalicão, que tem a balança comercial mais favorável de Portugal, foram atualizados no decurso da realização do Fórum Económico Famalicão Made IN, que se realizou na passada quinta-feira, dia 10 de maio, com lotação esgotada, no grande auditório da Casa das Artes de Famalicão, numa organização do Jornal ECO, em parceria com o Município de Vila Nova de Famalicão.

“Os dados mostram como aqui em Famalicão o espírito empreendedor, e dentro do espírito empreendedor a vontade de internacionalizar as empresas, marcam a sociedade, sendo um pilar fortíssimo para as exportações de Portugal”, referiu o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, que partilhou com uma plateia de mais de cinco centenas de pessoas, maioritariamente constituída por empresários, as tendências mundiais em 2018, o novo mundo da geo-economia e suas consequências e oportunidades.

Também o Ministro da Economia, que encerrou o evento, realçou Vila Nova de Famalicão como “um concelho que se distingue pela dinâmica económica que tem sabido imprimir, pela dinâmica de atração de investimento e pela dinâmica de crescimento das empresas locais”.

Manuel Caldeira Cabral reconheceu publicamente que “o concelho famalicense deu um contributo decisivo para o processo de recuperação económica nacional, com um crescimento de exportações que tem sido sistemático e onde se destacam igualmente os novos investimentos.”

A verdade é que nos últimos anos, ao abrigo do programa de apoio a novos investimentos “Made 2IN”, por via do Compete 2020 e do Norte 2020, foram aprovados e apoiados 310 novos projetos empresariais no concelho, que representam um investimento global superior a 450 milhões de euros no território.

“Realmente, Famalicão está na ordem do dia com estes números fantásticos”, disse,“orgulhosa”, a empresária famalicense Isabel Furtado, neta do empresário famalicense Manuel Gonçalves e líder da TMG Automotive e que vai ser, a partir de 22 de maio, presidente da COTEC Portugal, a Associação Empresarial para a Inovação.

O Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, gosta naturalmente dos números, mas olha para a frente. “Depois do contexto de um enorme volume de desemprego podemos antecipar um problema com a escassez de recursos humanos, sobretudo qualificados”, assinalou Paulo Cunha apontando “o desafio da formação e da qualificação” como a “grande tarefa que temos pela frente”.

O autarca assume que a Câmara Municipal vai aprofundar a sua ligação com as empresas e as instituições de ensino, de forma a criar respostas concertadas que dêem resposta às necessidades do território e apontou o protocolo anunciado com o Instituto Politécnico de Bragança, para a disponibilização de Cursos Técnicos Superiores Profissionais no concelho, como um exemplo do caminho que o município quer percorrer e intensificar para fazer face aos desafios do futuro.

F.C.Famalicão perde em casa com o S.C. Braga (0 – 3)

O Futebol Clube de Famalicão estreou-se esta época em casa com uma derrota, diante do S.C. Braga.

Os golos foram somente apontados pela equipa visitante, aos minutos 13, 19 e 79.

Na classificação, ao fim de duas jornadas, o Futebol Clube de Famalicão continua sem pontuar no campeonato.

Famalicão: Capitão Fausto animaram Dia da Juventude no Devesa Sunset

Os Capitão Fausto marcaram presença, esta sexta-feira, na iniciativa da Câmara Municipal “Devesa Sunset”.

A banda de Lisboa, formada em 2009, atuou ao final da tarde, no Parque da Devesa, diante de um público maioritariamente jovem que, depois de uma tarde nas piscinas municipais, continuaram a divertir-se neste espaço verde.

Veja algumas das imagens divulgadas pelo município:

Famalicão: Estacionamento indevido junto ao Parque da Devesa provocou bloqueio total do trânsito

Um elevado número de carros indevidamente estacionados, na Rua Fernando Mesquita, junto ao Parque da Devesa, provocou o bloqueio total do trânsito automóvel, ao final da tarde desta sexta-feira.

À nossa redação condutores relataram ter estado durante um largo período de tempo encurralados na fila de carros que entretanto se gerou.

O bloqueio do trânsito terá sido provocado pelo facto de existirem carros estacionados indevidamente nos dois sentidos daquela rua. Este tipo de estacionamento é, porém, habitual, no entanto apenas num dos sentidos.

A GNR esteve no local.

Famalicão: Já abriu ao trânsito a Rua Capitão Manuel Carvalho com via partilhada

Abriu ao trânsito esta sexta-feira a Rua Capitão Manuel Carvalho, no centro da cidade de Vila Nova de Famalicão.

A rua esteve nos últimos meses a ser alvo de uma intervenção profunda, sendo que agora funciona com o conceito de via partilhada.

Segundo a autarquia, a via passa a ser partilhada por peões e veículos, onde vigoram regras especiais de trânsito, entre elas, a prioridade do peão.

O acesso ao parque de estacionamento da Praça D. Maria II, tanto entrada como saída, passa a ser feito exclusivamente pela Rua Capitão Manuel Carvalho.

Obras em Famalicão: Vasos vandalizados durante a noite. Presidente da Câmara repudia vandalismo

Estão a entrar na fase final as obras no centro da cidade de Vila Nova de Famalicão.

Recentemente a autarquia colocou, em torno da Praça D.Maria II, dezenas de vasos que vão embelezar o espaço, no entanto, na última noite, esses mesmos vasos foram vandalizados.

Numa breve nota publicada nas redes sociais, o edil famalicense, repudiou o ato que “ não dignifica ninguém “.