Dias à Mesa abrem com o cozido à portuguesa e muita folia 5

Dias à Mesa abrem com o cozido à portuguesa e muita folia 6

O Carnaval está à porta e com ele chega também o chamado “Domingo Gordo”, dia de mesa farta, com o Cozido à Portuguesa a assumir especial destaque. Os excessos da carne refletem-se também na folia do entrudo, e em Vila Nova de Famalicão, o município tira o máximo partido desta conjugação de tradições com o arranque da iniciativa gastronómica “Dias à Mesa”, dedicada ao Cozido à Portuguesa.

A tradição é antiga e resultava da matança do porco realizada por altura do Natal em que as carnes mais gordas eram cuidadosamente guardadas e salgadas pelas famílias para serem saboreadas por esta altura.

É já amanhã, quinta-feira, pelas 14h30, que abre na Praça D. Maria II, o Mercado dos Fornecedores, com a participação de mais de dez expositores com produtos locais, dos enchidos, aos queijos, vinhos verdes e outros prazeres gastronómicos. Segue-se pelas 15h30 a apresentação pública da Estratégia de Desenvolvimento Famalicão Turismo 2020.

Entretanto até domingo, dia 3, catorze restaurantes do concelho irão promover o Cozido à Portuguesa como prato principal. No domingo, pelas 14h30, haverá ainda animação de rua proporcionada pela Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense.

Segundo o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, os Dias à Mesa são “um novo projeto turístico com dimensão horizontal, que junta a gastronomia com outros atrativos, chamando até Vila Nova de Famalicão mais visitantes e com maior permanência”.

Ao todo, serão oito fins-de-semana gastronómicos que conjugam os melhores paladares com uma agenda cultural e desportiva animada, proporcionando aos visitantes uma experiência completa dos sentidos, com sabores únicos e muitos divertimentos.

Para o autarca, o objetivo é “fazer desta iniciativa uma atividade permanente e não ocasional. Não queremos que seja uma atividade do inverno ou do verão, queremos que seja do ano inteiro.”

A iniciativa conta com a adesão de mais de três dezenas de restaurantes, mais de uma dezena de estabelecimentos e alojamento turístico e um conjunto de produtores e fornecedores locais.

Most Popular Topics

Editor Picks