DGS diz que números de mortes e infetados que circulam na net são falsos

A Direção-Geral da Saúde (DGS), através da rede social Twitter, desmentiu os números que circulam nas redes sociais relativamente aos novos casos de infeção pelo novo coronavírus e as respetivas mortes.

O alerta chegou depois de, nesta quarta-feira, vários utilizadores nas redes sociais terem partilhado que as mortes no boletim epidemiológico da DGS de ontem iriam atingir as 290 mortes.