ConcelhoPaís

Deputado Nuno Sá abandona parlamento se ficar provada presença fantasma

Segundo o jornal Observador, o famalicense Nuno Sá assinou, no dia 12 de Junho de 2017, presença na sessão plenária da Assembleia da República sem ter estado lá, porque nesse mesmo dia estava a 350 km, a fazer campanha em Famalicão.
Contactado pelo Observador, o deputado socialista disse não se lembrar do que aconteceu há um ano e meio. Um dia depois desta reação, Nuno Sá emitiu um comunicado ao Grupo Parlamentar do PS, em que garante ter estado presente no plenário e informando que pediu uma averiguação aos serviços da Assembleia da República.
O deputado Nuno Sá avançou, ainda, à direção do Grupo Parlamentar, que renunciaria ao seu mandato caso se comprovasse a irregularidade que lhe é apontada. Garante que não solicitou a outro colega de bancada para proceder a qualquer registo indevido da sua presença em reunião plenária, mas também ainda não apresentou qualquer comprovativo da sua viagem de Famalicão a Lisboa.
Esta alegada presença em dois locais diferentes aconteceu a 12 de Junho de 2017, quando era candidato à Câmara Municipal de Famalicão. O jornal Observador, que denunciou outros dois casos de deputados-fantasma, mas do PSD, publica imagens e vídeos do deputado socialista numa visita, nesse dia 12, a uma empresa de Ribeirão e nas Marchas Antoninas de Famalicão.

Previous post

INEM avança com queixa contra populares que roubaram peças do helicóptero

Next post

Homenagem dos B.V.Famalicão aos colegas que morreram no helicóptero do INEM

Cidade Hoje