País

DECO alerta para o perigo dos colares da moda nos bebés

Os colares de âmbar já se tornaram uma moda para aliviar a dor causada pelos primeiros dentes dos bebés. No entanto, a DECO alerta para o risco de asfixia e eficácia não comprovada. O acessório é feito em âmbar e alegadamente funciona como um “analgésico” natural.

As publicidades promovem que o colar, em contacto com o corpo, liberta óleos e propriedades que serão absorvidos pela corrente sanguínea dos bebés, aliviando o desconforto da dor. “Não existem estudos científicos que comprovem a eficácia dos colares de âmbar. Além disso, o seu uso acarreta alguns riscos para a criança”, confirma a DECO em comunicado. É dito que os colares podem constituir um risco de asfixia e estrangulamento dado que as crianças podem puxar ou até colocar as pedras de âmbar na boca, caso o colar se parta. “Alguns pontos de venda garantem que entre as peças são dados nós para evitar que estas se espalhem no caso de o fio partir. O nosso conselho é não arriscar e não comprar estes colares”, acrescenta a associação da defesa do consumidor.

Previous post

TVI convida população para gravar genérico de telenovela em Guimarães

Next post

Cada beneficiário terá direito a duas botijas solidárias de gás por mês

Cidade Hoje