Concelho

CRP Delães vence recurso no Conselho de Justiça da A.F. Braga

O Conselho de Justiça da Associação de Futebol de Braga deu provimento ao recurso interposto pelo Clube Recreativo e Popular de Delães (CRPD) sobre um diferendo deste com o Conselho de Disciplina da AF Braga.

Recorde-se que a 10 de dezembro do ano passado, o jogo CRC Rossas- CRPD, a contar para a taça, foi interrompido ao intervalo, devido ao mau tempo, quando os famalicenses  venciam por 2-0.

O CD da AF Braga decidiu, então, que o jogo devia repetir-se na íntegra e com o resultado a zero. Esta, tem sido aliás, uma prática corrente da AF Braga sempre que os jogos da sua jurisdição não chegam ao fim, por motivos alheios aos clubes.

No entanto, o CRPD não se conformou com a decisão do CD. O clube consultou o regulamento das provas oficiais da AF Braga e, baseando-se nestes, recorreu da decisão para o CJ, exigindo jogar apenas a segunda parte em falta, com o mesmo resultado que se registava no momento da interrupção.

Agora, o CJ veio corrigir a decisão do CD, dando razão ao CRPD, em nome da “verdade desportiva” e da correta interpretação e aplicação dos regulamentos.

Aguarda-se, agora, que o executivo da AF Braga dê seguimento a esta decisão, marcando a data para a realização dos restantes 45 minutos do jogo referente à 3ª eliminatória da Taça da AF Braga.

Fontes ligadas ao CRPD contactadas pelo CIDADE HOJE confirmaram estes factos. «É uma decisão natural e esperada», lamentando apenas que o CD, «apesar de avisado», não tenha corretamente em primeira instância.

O CRPD não tem grandes ambições na prova, «mas orgulha-se de ter ajudado a corrigir um erro histórico grave, que todos os anos vinha a ser cometido pela AF Braga».

Previous post

FPF apoia modernização do Estádio Municipal de Famalicão

Next post

Raspou e ganhou 30 mil euros em Joane

Imprensa Externa

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *