O documento recorda também que a variante Alpha, associada ao Reino Unido, foi a dominante durante maio, mas as autoridades de saúde estimam agora que a Delta “se tenha já sobreposto a esta à data atual”.