Covid-19: Suspensão da vacina da AstraZeneca não altera plano de abertura das escolas

O Ministro da Educação, Brandão Rodrigues, informa que a suspensão da vacina da AstraZeneca, que seria administrada a professores e pessoal não docente, não vai travar a abertura gradual das escolas.

Em declarações à RTP, o Ministro assegurou que as medidas de segurança vão continuar a ser praticadas. «Se tivermos testagem melhor, se tivermos vacinação melhor. Mas todos os processos e protocolos [de segurança sanitária] estão em vigor neste momento e não podemos baixar os braços», defendeu o ministro.

Para já, avançam as campanhas de testagem nas escolas em concelhos com mais de 120 casos por 100 mil habitantes. Duas semanas depois haverá novo teste.

As creches e as escolas do 1.º ciclo retomaram atividade esta segunda-feira. A 5 de abril, abrem o 2.º e 3.º ciclos; o ensino secundário e superior a 19 de abril.