Covid-19: Região Norte com números alarmantes

O Governo deverá decretar, esta quarta-feira, medidas de confinamento geral que podem durar um mês. Depois de ouvir diversos especialistas e os partidos, serão avaliadas as medidas a tomar, sendo que deverão ser semelhantes àquelas que foram tomadas em abril/maio. No entanto, tudo aponta que as escolas para crianças até aos 12 deverão manter-se com aulas presenciais.

Mesmo com confinamento, a previsão é de 14 mil casos de infeção por dia no país dentro de duas semanas, com 140 a 150 mortes.

Estas medidas surgem depois de uma tendência crescente de infetados e mortes. A região Norte está com um nível de crescimento alto, superior a 30% em grande parte do território.

Segundo a Administração Regional de Saúde ARS Norte, em informação avançada à Agência Lusa, havia, na terça-feira, 54 surtos ativos de covid-19 em lares de idosos no Norte do país, num total de 1.101 casos positivos confirmados.

Estes dados são avançados no dia em que se registou um novo recorde de mortes pelo covid-19: 155 pessoas. Desde o início da pandemia, Portugal registou mais de 8 mil mortes e quase meio milhão de infeções.

A região Norte (segundo dados desta terça-feira) é aquela que regista mais mortes desde o início da pandemia, com 3.533. Na terça-feira contabilizou mais 36 óbitos. É também no Norte que está o maior número de infetados; até ao momento foram contabilizados 238.581. Esta terça-feira, foram mais 2.180 casos confirmados.