Covid-19: Câmara de Famalicão disposta a pagar testes de rastreio em lares

A Câmara Municipal de Famalicão disponibiliza-se para custear testes de rastreio ao coronavírus em lares residenciais do concelho. Estamos a falar de cerca de 700 utentes e 1300 colaboradores.

O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara, Paulo Cunha, na manhã desta quinta-feira. «A Câmara não só reclama a realização destes testes como se disponibiliza para suportar os encargos financeiros necessários, assim como o apoio logístico e operacional. Sabendo que o Serviço Nacional de Saúde não tem meios financeiros para suportar estes rastreios com a urgência necessária», afirma o edil.

O autarca recorda que os utentes dos lares residenciais têm uma população de maior risco de contágio e de piores consequências no que diz respeito à infeção pelo covid-19.