Corridas de Galgos: Iniciativa legislativa quer acabar com provas, Famalicão está no mapa

Com o objetivo de acabar com os maus-tratos e abandono de animais, deu entrada esta segunda-feira na Assembleia da República uma iniciativa legislativa para terminar com as corridas de cães no nosso país.

Vila Nova de Famalicão está no mapa das zonas onde são realizadas corridas de galgos, a par de outras cinco localidades.

Segundo a “Visão”, no concelho famalicense, em abril deste ano, ter-se-á realizado uma corrida de galgos ilegal. Sem que estivesse presente um veterinário e sem que o mesmo evento fosse comunicado à autarquia local.

De acordo com as informações divulgadas por associações que protegem os animais, muitos galgos, depois de deixarem de competir, são mortos ou abandonados e, para o dono não ser localizado / responsabilizado, são-lhes retirados os chips e cortadas as orelhas, onde estão as tatuagens referentes ao registo animal.

A iniciativa que deu entrada na Assembleia da República já conta com cerca de mil assinaturas e pode ser assinada por qualquer cidadão na página do Parlamento.

Todos os anos, no mês de junho, inserida na programação das Festas Antoninas do concelho, realiza-se uma corrida de galgos (imagens no vídeo) onde todos os requisitos obrigatórios são cumpridos, ou seja, os animais correm com a supervisão de um veterinário e o evento é comunicado à Câmara Municipal.

Este foi um assunto já discutido no Parlamento. A proposta foi avançada pelo PAN e Bloco de Esquerda e rejeitada pelo PS, PSD e CDS-PP

Parlamento discute proibição de corridas de cães a 2 de julho

Most Popular Topics

Editor Picks