Coronavírus: Recomendações da Comissão Municipal de Proteção Civil

Em resultado da reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil, ocorrida nesta terça-feira (9.03.2020) sobre a necessidade de planear a estratégia de prevenção e contingência face ao COVID-19, foi determinado a recomendação das seguintes medidas:

– Reforço da divulgação das medidas estabelecidas pela Direção-Geral de Saúde no que concerne à de proteção individual, designadamente:

etiqueta respiratória:

  • tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir
  • utilizar um lenço de papel ou o braço, nunca com as mãos (deitar o lenço de papel no lixo);
  • lavar as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir

reforçar as medidas de higiene:

  • lavar frequentemente as mãos com água e sabão ou com uma solução de base alcoólica;
  • evitar contacto próximo com doentes com infeções respiratórias

– Os tratamentos de saúde (exemplo: fisioterapia) não urgentes que careçam de transporte através dos Corpos de Bombeiros devem ser suspensos;

– A entrada e saída de pessoas nas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) em especial em Lares de Idosos, bem como nas instituições educativas, devem estar condicionadas ao estritamente necessário;

– Devem ser equacionados a realização de eventos culturais, religiosos e desportivos, que promovam um grande aglomerado de pessoas, assim como o encerramento de equipamentos de utilização coletiva como: ginásios, piscinas, locais de culto religioso, onde em potência, pode haver uma maior propagação de vírus.

– Qualquer pessoa com sintomas gripais (febre, tosse, dificuldade respiratória) deve ligar para o SNS 24 (808 24 24 24), antes de se dirigir a um serviço de saúde e seguir todas as recomendações.

A Comissão Municipal de Proteção Civil, em conjunto com o Pelouro da Saúde Publica, está a acompanhar o processo de evolução do COVID-19, e em caso de necessidade, propor um acréscimo de medidas preventivas à disseminação do vírus.