Confinamento: Associação defende que ginásios devem continuar abertos

A Portugal Activo|AGAP, associação que representa as empresas de ginásios, defende que é fundamental para os portugueses continuarem a praticar exercício físico e que os ginásios devem manter-se abertos, mesmo em caso de um novo confinamento geral.

Em comunicado enviado à Lusa, a AGAP revela que “está a acompanhar com toda a atenção a evolução da situação pandémica em Portugal” e que, mesmo perante um cenário de um novo confinamento geral, “é fundamental permitir aos portugueses que continuem a praticar exercício físico”.

“Acreditamos que estão reunidas todas as condições para que os clubes de fitness possam manter-se abertos e estar à disposição para a prática de atividade física. O impacto de um novo confinamento pode representar uma situação irreversível para a saúde dos portugueses”, alerta a associação.