Concelho

Conferência abre comemorações do Dia Internacional dos Museus

As comemorações do Dia Internacional dos Museus arranca esta quinta-feira, às 17h00, com a conferência “Ser MuSeu”, que vai decorrer na Sala da Assembleia Municipal, nos Paços do Concelho. Na sessão de abertura desta iniciativa intervém o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, e o Diretor Regional de Cultura do Norte, António Ponte. A conferência resulta de uma parceria entre a Rede de Museus de Famalicão, o Conselho Internacional de Museus (ICOM) e a Faculdade de Letras da Universidade Porto e tem como objetivo refletir sobre o conceito de museu.

José Gameiro, da Direção do ICOM – Portugal lança o tema “Pensar um novo conceito e uma nova definição de Museu, será preciso?” e Alice Semedo, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, aborda as competências e atitudes para profissionais de museus, pensadores de sistemas e poetas de ação. Durante a sessão será, ainda, apresentado o vídeo “Ser Museu”. A entrada é gratuita, mas sujeita à lotação da sala.

O Dia Internacional dos Museus que se assinala no sábado, 18 de maio, tem, em Famalicão, um programa que decorre até domingo, dia 19, com meia centena de atividades, distribuídas pelas 13 estruturas museológicas que compõem a Rede de Museus de Famalicão.

Uma das propostas é conhecer os museus à boleia de automóveis clássicos, numa viagem pelo tempo que decorre no sábado e no domingo, pelas 10 e pelas 15 horas, propondo-se vários percursos museológicos. A viagem pode, também, ser feita a pedalar, no domingo, pelas 9 horas, e tem como objetivo aliar a cultura ao desporto. A participação nestas iniciativas é de inscrição gratuita, com informações em www.famalicao.pt.

Referência, ainda, para a Noite Europeia dos Museus, que decorre de sábado para domingo. No Museu Bernardino Machado revive-se as danças que animavam os salões de Nova Iorque ao som de Big Bands nos anos 30 e 40, com o Baile Lindy Hop, numa parceria com o Eixo do Jazz. Na Casa de Camilo, em S. Miguel de Seide, os alunos da Escola Conde S. Cosme são convidados a participar em atividades e a pernoitar no Museu.

Previous post

Abelhas e mel na Praça D. Maria II

Next post

Congresso internacional sobre as artes na Educação Especial

Cidade Hoje