Concelho

Condutora que atropelou nove pessoas em Famalicão alega estar depressiva

A jovem, de 17 anos, que atropelou nove pessoas ao volante do carro do namorado, no domingo à noite, em Ribeirão, Famalicão, numa demonstração ilegal de perícias automóveis, alega que tem uma depressão crónica desde a adolescência.

A arguida, residente em Vizela, fugiu do local após o acidente, mas duas horas depois entregou-se à GNR e assumiu o crime. Foi ouvida no Tribunal de Guimarães e mantém-se em liberdade enquanto decorre o inquérito. Está indiciada por condução perigosa e sem habilitação.

Fonte: CM

Previous post

Escolas do 1.º Ciclo de Mões, Avidos e Arnoso Santa Eulália vão ser beneficiadas

Next post

Alunos da universidade e ensino profissional constroem máquinas idealizadas pelas crianças

Cidade Hoje