O caso remonta a 27 de Maio de 2017 quando, um grupo de nove ladrões encapuzados entraram no posto da Galp da A7, em Seide S.Miguel, Famalicão, e ameaçaram / agrediram o funcionário do posto de combustível enquanto roubavam o cofre.

Oito dos elementos foram, de acordo com o Correio da Manhã, recentemente condenados pelo tribunal de Matosinhos a penas de prisão entre os três meses e os cinco anos. O outro homem pertencente ao grupo ficou com pena suspensa, uma vez que não tinha cadastro.

Previous post

Famalicão representado na fase regional do Concurso Nacional de Leitura

Next post

Santa Clara x Famalicão em direto na Cidade Hoje

Cidade Hoje